Pular para o conteúdo principal

JCNEWS; Menina de 13 anos estuprada pelo próprio pai é abusada por pastor evangélico que a acolheu.

 

Uma criança de 13 anos, que foi estuprada pelo próprio pai dos 9 aos 12 anos, se tornou vítima de novos abusos sexuais e psicológicos após ser entregue a um pastor evangélico que se propôs a cuidar dela junto com a esposa. O caso aconteceu na cidade de Mombuca (SP) e só foi descoberto após a mãe da garota flagrar o estupro.

O religioso disse que conhecia a criança desde que ela tinha quatro anos e insistiu para acolhê-la em sua casa. Como o casal tinha “uma boa índole” e outros familiares da menina não podiam cuidar dela, o Conselho Tutelar de Mombuca aceitou que ela ficasse com pastor e a esposa. 

O homem, que também é guarda municipal, estuprou a criança e a convenceu a não contar nada, pois alegou que “tinham um relacionamento amoroso” e até trocavam bilhetes. Ele deu um celular para ela e pedia que ela mentisse se a história fosse descoberta. 

De acordo com o Uol, o religioso foi preso em 30 de setembro na cidade de Ponta Grossa (PR), onde se escondia. A esposa do pastor tinha conhecimento sobre os abusos e não contou nada por medo de acabar com o seu casamento. Ela ainda pediu que a família também não revelasse o caso. A mulher foi acusada de estupro de vulnerável e tortura física e psicológica, pois agrediu a menina.

Já o pai da menina, que a obrigou a se prostituir enquanto ela vivia com ele, está preso desde fevereiro deste ano. Ele também abusou das enteadas, de 16 e 21 anos, irmãs da vítima. Elas confirmaram o crime, mas a mãe delas, que sofre de problemas psicológicos, não acredita nas acusações.

O homem, que tem histórico de abuso de álcool e drogas, é acusado de três estupros de vulnerável, quando o criminoso pratica ato libidinoso com menores de 14 anos ou pessoas que não conseguem se defender.

A criança de 13 anos hoje vive com a irmã mais velha. Ela está fazendo tratamento psicológico e sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar de Mombuca.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GULFNOTICIAS JCNEWS ; IGREJA UNIVERSAL ABRE O JOGO E REVELA SOBRE SAÍDA DO BISPO FORMIGONI

Igreja Universal (IURD) abre o jogo sobre o bispo Formigoni e abala mundo gospel. A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), resolveu abrir o jogo sobre o bispo Formigoni, depois que o ex-pastor da instituição Alfredo Paulo, contou sobre a expulsão de um dos braços fortes de Edir Macedo.
Numa reunião que aconteceu na última quinta-feira, com pastores, Renato Cardoso genro de Edir Macedo e lider de confiança da IURD falou a versão dele do que aconteceu com o bispo Formigoni e porque ele não é mais bispo. Renato explicou que o Formigo procurou a esposa, assumindo que havia tinha tido uma conduta inconveniente com trocas de mensagem com outra mulher. Ainda afirmou que teve acesso a essas mensagens, e por isso ficou comprovado que ele foi desonroso e que faltou respeito com a própria esposa, com a igreja e principalmente com Deus. A IGREJA A UNIVERSAL LAMENTOU O FATO, MAS DE ACORDO COM RENATO CARDOSO, NÃO TINHA COMO MANTER FORMIGONI COMO BISPO, APESAR DE NÃO TER TIDO CONTATO FÍSICO, APEN…

GULFNOTÍCIA : DEP. TIA ERON E BISPO BRUNO LEONARDO

Estive hoje com o querido Bispo Bruno Leonardo Cerqueira. Grande homem de Deus! Bispo da Igreja Batista Avivamento Mundial.

Kamyla Simioni posta foto da irmã ao lado de cantor e provoca

A empresária Kamyla Simioni, que ficou famosa após divulgar que teve um caso com o cantor Tony Salles, marido da apresentadora da Record Bahia,  Scheila Carvalho, ataca mais uma vez. A morena compartilhou uma imagem na qual a irmã dela, Yamani Simioni, aparece ao lado do cantor Victor, que faz dupla sertaneja com Léo e que se separou há alguns meses da assistente de palco do Faustão. “Eu juro q eu não vou contar nada, eu sei guardar segredo kkkkkkkk (sic)”, publicou em seu perfil no Instagram. Recentemente, Kamyla viveu um affair com o zagueiro do Vitória, Victor Ramos, mas não demorou muito para dispensar o atleta.