Pular para o conteúdo principal

GULFNOTICIAS JCNEWS: Ato pró-Bolsonaro em Brasília tem carreata e xingamentos a Moro, STF e Congresso

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e ar livreUm grupo de manifestantes se reuniu neste domingo (3) em frente ao Museu Nacional, em Brasília, em ato de apoio ao presidente Jair Bolsonaro e de críticas ao STF (Supremo Tribunal Federal) e ao Congresso.



Em seguida, foi organizada uma carreata em direção ao Palácio do Planalto, de onde Bolsonaro saiu em direção aos manifestantes.



O ato promoveu aglomerações num momento que Brasil tem mais de 6.000 mortes pela Covid-19 e 96 mil casos confirmados.



Uma carreata teve início por volta das 10h30, descendo a Esplanada dos Ministérios em direção à Praça dos Três Poderes, onde chegaram por volta das 11h30.



Embalados por palavras de ordem e cartazes com críticas ao ex-ministro Sergio Moro, que deixou o governo recentemente, apoiadores afirmavam que estão "fechados com Bolsonaro".



Ao chegar em frente ao Congresso, o grupo deixou os carros e desceu em direção ao Palácio do Planalto diante da promessa feita por um dos organizadores de que Bolsonaro apareceria para vê-los.



Durante a caminhada foram entoados gritos de apoio ao presidente e de críticas a Moro e a Alexandre de Moraes, do STF, que barrou a nomeação de Alexandre Ramagem, amigo da família Bolsonaro, para o comando da Polícia Federal.



Moro, chamado no sábado (2) de Judas pelo presidente, recebeu palavras ofensivas do grupo, como "canalha" e "moleque de Curitiba".



Entre as mensagens dos cartazes havia "Armas para cidadãos de bem", "Fora Maia", "Fora Alcolumbre".



Os manifestantes entoaram o hino nacional e rezaram um Pai Nosso em frente à Catedral Metropolitana.



Em frente ao STF, alguns gritaram "vamos invadir". "Olé, olé, STF é puxadinho do PT".



Em meio às críticas a Moro, feitas em um microfone de um caminhão de som, uma apoiadora gritou que o ex-juiz é aliado ao Centrão.



O grupo de partidos, formado por legendas como MDB, PP, PL, Solidariedade, DEM e Republicanos, tem feito tratativas de apoio a Bolsonaro e deve ganhar novos cargos no governo.



Entre as músicas tocadas no ato, foi colocada "Brasil", de 1988, na voz de Cazuza. A letra era ao mesmo tempo uma celebração ao processo de redemocratização do Brasil, mas com críticas à classe política pela forma como foi feita a reabertura do país pós-Ditadura. 


Obs: O Blogueiro Gospel,  J. Claudino. afirmou :    É como me disse um grande Advogado, militante em Politicas Publicas e Sociais grande conhecedor de LEIS, ex- procurador de um município, dois mandatos de presidente/vereado do Legislativo , por duas vezes, e AMIGO, PARCEIRO, consultor politico de Alinaldo Santos ( Sgtº da reserva 19 BC, LÍDER comunitário de Lauro de Freitas, e sua casa, o bairro Portão, o Dr. Nelito, me diz: O Pré- "suposto se for," candidato em 2022.ex- Juiz, que gosta de se promover, as custa de outros, DEU um tiro no seu próprio,... PÉ, eu resumo, SE LASCOU.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GULFNOTICIAS JCNEWS ; IGREJA UNIVERSAL ABRE O JOGO E REVELA SOBRE SAÍDA DO BISPO FORMIGONI

Igreja Universal (IURD) abre o jogo sobre o bispo Formigoni e abala mundo gospel. A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), resolveu abrir o jogo sobre o bispo Formigoni, depois que o ex-pastor da instituição Alfredo Paulo, contou sobre a expulsão de um dos braços fortes de Edir Macedo. Numa reunião que aconteceu na última quinta-feira, com pastores,  Renato Cardoso genro de Edir Macedo e lider de confiança da IURD  falou a versão dele do que aconteceu com o bispo Formigoni e porque ele não é mais bispo. Renato explicou que o Formigo procurou a esposa, assumindo que havia tinha tido uma conduta inconveniente com trocas de mensagem com outra mulher. Ainda afirmou que teve acesso a essas mensagens, e por isso ficou comprovado que ele foi desonroso e que faltou respeito com a própria esposa, com a igreja e principalmente com Deus. A IGREJA A UNIVERSAL LAMENTOU O FATO, MAS DE ACORDO COM RENATO CARDOSO, NÃO TINHA COMO MANTER FORMIGONI COMO BISPO, APESAR DE NÃO TER TIDO C

GULFNOTÍCIA : DEP. TIA ERON E BISPO BRUNO LEONARDO

Estive hoje com o querido Bispo Bruno Leonardo Cerqueira. Grande homem de Deus! Bispo da Igreja Batista Avivamento Mundial.

Kamyla Simioni posta foto da irmã ao lado de cantor e provoca

A empresária Kamyla Simioni, que ficou famosa após divulgar que teve um caso com o cantor Tony Salles, marido da apresentadora da Record Bahia,  Scheila Carvalho, ataca mais uma vez.  A morena compartilhou uma imagem na qual a irmã dela, Y amani Simioni,  aparece ao lado do cantor Victor, que faz dupla sertaneja com Léo e que se separou há alguns meses da assistente de palco do Faustão. “Eu juro q eu não vou contar nada, eu sei guardar segredo kkkkkkkk (sic)”, publicou em seu perfil no Instagram. Recentemente, Kamyla viveu um affair com o zagueiro do Vitória, Victor Ramos, mas não demorou muito para dispensar o atleta.