Pular para o conteúdo principal

GULFNOTICIAS JCNEWS: Deputados se reúnem para evitar "distribuição política" de novos recursos do governo federal para estados e municípios

[Deputados se reúnem para evitar Deputados que representam estados e municípios insatisfeitos com a distribução de recursos pelo governo federal para a Saúde, feita na semana passada, por suposta "distribuição política", agora, se reúnem no início da tarde desta segunda-feira (13), para discutir meios de evitar que o repasse seja realizado novamente dessa forma com o novo projeto que pretende socorrer prefeitos e governadores.
A ideia dessa nova proposta, que teve a sessão adiada de 14h para 16h desta tarde, é distribuir uma parte para as secretarias de Saúde, enquanto o resto fica livre para uso dos governadores.
Um dos parlamentares insatisfeitos, o deputado Daniel Almeida (PCdoB), que ainda atua como coordenador da bancada baiana no Congresso - enquanto o deputado Marcelo Nilo (PSB) não assume a função -, disse ao BNews que algumas medidas para evitar essa distribuição desigual já estão sendo cogitadas.
"Levar em conta a população, os índices de pobreza, os critérios que já adotamos para o fundo de participação de municípios e estados", explicou.
Almeida corroborou com as críticas feitas pelo secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, reveladas pelo jornal Folha de S.Paulo, sobre a forma como os primeiros recursos foram distribuídos, em meio a pandemia do novo coronavírus.
 "Estão carimbados com identidade política dos estados e municípios. Alguns receberam sem nem ter uma justificativa direito", afirmou.
Segundo a coluna Painel, da Folha, Vilas-Boas se disse "realmente revoltado com essa divisão política do recurso do SUS" e reclamou que Salvador recebeu, proporcionalmente, mais dinheiro do que todo a Bahia. A capital é administrada por ACM Neto, presidente nacional do DEM, mesmo partido do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “É um escândalo, estão passando dinheiro para seus apadrinhados”, escreveu Vilas-Boas. 
Foram repassados R$ 114 milhões para a Bahia e R$ 48 milhões para Salvador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GULFNOTICIAS JCNEWS ; IGREJA UNIVERSAL ABRE O JOGO E REVELA SOBRE SAÍDA DO BISPO FORMIGONI

Igreja Universal (IURD) abre o jogo sobre o bispo Formigoni e abala mundo gospel. A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), resolveu abrir o jogo sobre o bispo Formigoni, depois que o ex-pastor da instituição Alfredo Paulo, contou sobre a expulsão de um dos braços fortes de Edir Macedo.
Numa reunião que aconteceu na última quinta-feira, com pastores, Renato Cardoso genro de Edir Macedo e lider de confiança da IURD falou a versão dele do que aconteceu com o bispo Formigoni e porque ele não é mais bispo. Renato explicou que o Formigo procurou a esposa, assumindo que havia tinha tido uma conduta inconveniente com trocas de mensagem com outra mulher. Ainda afirmou que teve acesso a essas mensagens, e por isso ficou comprovado que ele foi desonroso e que faltou respeito com a própria esposa, com a igreja e principalmente com Deus. A IGREJA A UNIVERSAL LAMENTOU O FATO, MAS DE ACORDO COM RENATO CARDOSO, NÃO TINHA COMO MANTER FORMIGONI COMO BISPO, APESAR DE NÃO TER TIDO CONTATO FÍSICO, APEN…

GULFNOTÍCIA : DEP. TIA ERON E BISPO BRUNO LEONARDO

Estive hoje com o querido Bispo Bruno Leonardo Cerqueira. Grande homem de Deus! Bispo da Igreja Batista Avivamento Mundial.

Kamyla Simioni posta foto da irmã ao lado de cantor e provoca

A empresária Kamyla Simioni, que ficou famosa após divulgar que teve um caso com o cantor Tony Salles, marido da apresentadora da Record Bahia,  Scheila Carvalho, ataca mais uma vez. A morena compartilhou uma imagem na qual a irmã dela, Yamani Simioni, aparece ao lado do cantor Victor, que faz dupla sertaneja com Léo e que se separou há alguns meses da assistente de palco do Faustão. “Eu juro q eu não vou contar nada, eu sei guardar segredo kkkkkkkk (sic)”, publicou em seu perfil no Instagram. Recentemente, Kamyla viveu um affair com o zagueiro do Vitória, Victor Ramos, mas não demorou muito para dispensar o atleta.