Pular para o conteúdo principal

GULFNOTICIAS JCNEWS ; Bancada evangélica promete apoio a Bolsonaro para criar Aliança; Malafaia vê 'imoralidade'

[Bancada evangélica promete apoio a Bolsonaro para criar Aliança; Malafaia vê 'imoralidade']A bancada evangélica no Congresso prometeu, ontem (18), empenho para coletar os 491.967 nomes necessários à fundação da Aliança pelo Brasil, partido que o presidente Jair Bolsonaro quer criar.
O compromisso foi estabelecido durante a primeira conferência nacional do bloco religioso. Parlamentares e líderes evangélicos, como o bispo Robson Rodovalho, presidente da Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil, e o deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), presidente da Frente Parlamentar Evangélica, prometeram mobilizar fiéis pelo país atrás das assinaturas.
No entanto, Silas Malafaia, um dos principais pastores aliados de Bolsonaro, é contrário à ideia. "Eu sou tremendamente contra qualquer tentativa de instrumentalizar a igreja para partidos políticos. Os evangélicos como cidadãos, sim, podem apoiar, podem se inscrever, podem fazer parte do que eles quiserem. Mas na hora que se envolve a igreja não acho que esse é um bom caminho. E, na minha visão, também não acho que o Bolsonaro precisa disso", criticou, em entrevista à coluna de Chico Alves, no UOL.
Embora tenha apoiado Bolsonaro desde o primeiro momento da campanha, o líder do ministério Vitória em Cristo e presidente do Conselho de Pastores do Brasil acredita que não se deve confundir engajamento pessoal com alinhamento da igreja a partidos.
"Não acho isso bom para a igreja, não acho isso bom para o Bolsonaro. A igreja está acima disso. Bolsonaro sabe. E ficam aí uns puxa-sacos querendo fazer graça para ganhar cartaz, gente que quer aparecer na mídia, então tem que arrumar uns negócios para aparecer. Eu fico vendo números de dados e fiéis que eles dizem que têm. Rapaz, é um negócio fantástico. Eu queria saber onde estão essas igrejas com esses fiéis", ironizou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GULFNOTICIAS JCNEWS ; IGREJA UNIVERSAL ABRE O JOGO E REVELA SOBRE SAÍDA DO BISPO FORMIGONI

Igreja Universal (IURD) abre o jogo sobre o bispo Formigoni e abala mundo gospel. A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), resolveu abrir o jogo sobre o bispo Formigoni, depois que o ex-pastor da instituição Alfredo Paulo, contou sobre a expulsão de um dos braços fortes de Edir Macedo.
Numa reunião que aconteceu na última quinta-feira, com pastores, Renato Cardoso genro de Edir Macedo e lider de confiança da IURD falou a versão dele do que aconteceu com o bispo Formigoni e porque ele não é mais bispo. Renato explicou que o Formigo procurou a esposa, assumindo que havia tinha tido uma conduta inconveniente com trocas de mensagem com outra mulher. Ainda afirmou que teve acesso a essas mensagens, e por isso ficou comprovado que ele foi desonroso e que faltou respeito com a própria esposa, com a igreja e principalmente com Deus. A IGREJA A UNIVERSAL LAMENTOU O FATO, MAS DE ACORDO COM RENATO CARDOSO, NÃO TINHA COMO MANTER FORMIGONI COMO BISPO, APESAR DE NÃO TER TIDO CONTATO FÍSICO, APEN…

GULFNOTÍCIA : DEP. TIA ERON E BISPO BRUNO LEONARDO

Estive hoje com o querido Bispo Bruno Leonardo Cerqueira. Grande homem de Deus! Bispo da Igreja Batista Avivamento Mundial.

Kamyla Simioni posta foto da irmã ao lado de cantor e provoca

A empresária Kamyla Simioni, que ficou famosa após divulgar que teve um caso com o cantor Tony Salles, marido da apresentadora da Record Bahia,  Scheila Carvalho, ataca mais uma vez. A morena compartilhou uma imagem na qual a irmã dela, Yamani Simioni, aparece ao lado do cantor Victor, que faz dupla sertaneja com Léo e que se separou há alguns meses da assistente de palco do Faustão. “Eu juro q eu não vou contar nada, eu sei guardar segredo kkkkkkkk (sic)”, publicou em seu perfil no Instagram. Recentemente, Kamyla viveu um affair com o zagueiro do Vitória, Victor Ramos, mas não demorou muito para dispensar o atleta.