Pular para o conteúdo principal

GULFNOTICIAS Angelo Coronel discute com Moro no Senado e questiona: "O sr. autoriza o Telegram a fornecer as mensagens?"

[Angelo Coronel discute com Moro no Senado e questiona: senador Angelo Coronel (PSD-BA) discutiu com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, ao questioná-lo se ele autoriza o Telegram a fornecer suas mensagens armazenadas nos servidores para comparar com os diálogos divulgados pelo site "The Intercept Brasil". Moro se apresenta nesta quarta-feira (19) na Comissão de Constituição e Justiça da Casa, e chegou a discutir com Coronel ao se esquivar da pergunta.
"Vossa excelência afere que participa de grupos de WhatsApp e Telegram. Trocou mensagens com procuradores da Lava Jato. Pergunto: também trocou mensagens com advogados de defesa, ministros, desembargadores, membros do Congresso ou até jornalistas, passando as mesmas mensagens sobre processos? O senhor disse que não tem mais essas mensagens, autoriza o Telegram a fornecê-las? Eles devem ter em seus servidores. O senhor autoriza Dallagnol a entregar o celular, pois pelo visto ele não apagou as mensagens. Isso acabaria com o que o senhor chama de sensacionalismo", disse Coronel
Moro respondeu: "Não tenho como disponibilizar um material que não existe. Não me recordo se três anos atrás mandei mensagem daquela natureza".
Em sua tréplcica, o pessedista insistiu na pergunta: "Não estamos questionando a Lava Jato. Eu fiz uma pergunta: o senhor autoriza o Telegram a fornecer as mensagens que estão na nuvem? Se tudo é normal, vamos esclarecer para acabar esse sangramento".
O ministro então reiterou que excluiu a conta no Telegram e não possui mais as mensagens. Coronel rebateu e disse que Moro não havia entendido a pergunta, já que as mensagens não estariam no celular, mas nos servidores do aplicativo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GULFNOTICIAS JCNEWS ; IGREJA UNIVERSAL ABRE O JOGO E REVELA SOBRE SAÍDA DO BISPO FORMIGONI

Igreja Universal (IURD) abre o jogo sobre o bispo Formigoni e abala mundo gospel. A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), resolveu abrir o jogo sobre o bispo Formigoni, depois que o ex-pastor da instituição Alfredo Paulo, contou sobre a expulsão de um dos braços fortes de Edir Macedo.
Numa reunião que aconteceu na última quinta-feira, com pastores, Renato Cardoso genro de Edir Macedo e lider de confiança da IURD falou a versão dele do que aconteceu com o bispo Formigoni e porque ele não é mais bispo. Renato explicou que o Formigo procurou a esposa, assumindo que havia tinha tido uma conduta inconveniente com trocas de mensagem com outra mulher. Ainda afirmou que teve acesso a essas mensagens, e por isso ficou comprovado que ele foi desonroso e que faltou respeito com a própria esposa, com a igreja e principalmente com Deus. A IGREJA A UNIVERSAL LAMENTOU O FATO, MAS DE ACORDO COM RENATO CARDOSO, NÃO TINHA COMO MANTER FORMIGONI COMO BISPO, APESAR DE NÃO TER TIDO CONTATO FÍSICO, APEN…

GULFNOTÍCIA : DEP. TIA ERON E BISPO BRUNO LEONARDO

Estive hoje com o querido Bispo Bruno Leonardo Cerqueira. Grande homem de Deus! Bispo da Igreja Batista Avivamento Mundial.

Kamyla Simioni posta foto da irmã ao lado de cantor e provoca

A empresária Kamyla Simioni, que ficou famosa após divulgar que teve um caso com o cantor Tony Salles, marido da apresentadora da Record Bahia,  Scheila Carvalho, ataca mais uma vez. A morena compartilhou uma imagem na qual a irmã dela, Yamani Simioni, aparece ao lado do cantor Victor, que faz dupla sertaneja com Léo e que se separou há alguns meses da assistente de palco do Faustão. “Eu juro q eu não vou contar nada, eu sei guardar segredo kkkkkkkk (sic)”, publicou em seu perfil no Instagram. Recentemente, Kamyla viveu um affair com o zagueiro do Vitória, Victor Ramos, mas não demorou muito para dispensar o atleta.