Pular para o conteúdo principal

GULFNOTICIA Mulheres relatam abusos sexuais do médium João de Deus durante atendimentos

[ Mulheres relatam abusos sexuais do médium João de Deus durante atendimentos ]o buscar atendimentos espirituais na Casa Dom Inácio de Loyola, na cidade de Abadiânia, em Goiás, dez mulheres relatam terem sofrido abusos sexuais do médium João de Deus. As histórias foram reveladas no programa Conversa com Bial desta sexta-feira (7).
Em nota enviada por sua assessoria de imprensa, João de Deus afirma que "rechaça veementemente qualquer prática imprópria em seus atendimentos".
Apenas uma das mulheres ouvidas, segundo o G1, aceitou se identificar. Zahira Leeneke Maus, uma coreógrafa holandesa, conheceu a Casa em 2014, quando buscava a cura espiritual para traumas passados com abuso sexual. As outras, todas brasileiras, preferiram não mostrar o rosto, por sentirem medo e vergonha.
João de Deus, conforme relatos, agia de forma similar em todos os casos. Durante os atendimentos espirituais coletivos, o médium dizia para as mulheres que, segundo a entidade, elas deveriam procurá-lo posteriormente em sua sala, porque tinham sido escolhidas para receber a cura. As entrevistadas dizem que, uma vez que elas estavam sozinhas com ele, eram violentadas sexualmente.
"Pegava na minha mão para eu pegar no pênis dele. (...) Ele falava: 'Põe a mão, isso é limpeza. Você precisa dessa limpeza, é o único jeito de fazer isso'", disse mulher que procurou João de Deus para cura espiritual.
De acordo com Zahira, ao ouvir os relatos de outras mulheres, ela percebeu que “existe um sistema. A primeira coisa é vire de costas, eu vou te curar. Existe um padrão (...) Você é manipulada a acreditar na cura”. A coreógrafa fez um relato no Facebook, neste ano, e a partir dali começou a ter contato com outras mulheres que diziam ter passado pela mesma situação.
 
Ameaça de morte - Amy Biank, coach espiritual e autora americana que levava pessoas em peregrinação para a Casa Dom Inácio de Loyola desde 2002, disse que as pessoas que trabalham com o médium sabem do que acontece e que quem tenta denunciar acaba saindo da Casa por medo, já que ele é um “homem muito poderoso”. Amy diz ter sofrido ameaças de morte.
João Teixeira de Faria é um médium brasileiro conhecido em todo o mundo como João de Deus. Desde 1976 ele faz atendimentos espirituais na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, Goiás.
A Casa recebe até 10 mil pessoas por mês para atendimentos, boa parte delas estrangeiras. Os relatos de cirurgias espirituais de cura se espalharam pelo mundo e personalidades como a apresentadora americana Oprah Winfrey chegaram a visitar o local.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTICIAGULF Ministério Público da Bahia abre novo inquérito para apurar supostas irregularidades praticadas por Márcio Paiva, ex-prefeito de Lauro de Freitas

O Ministério Público estadual (MP) abriu inquérito para apurar supostas irregularidades praticadas pelo ex-prefeito de Lauro de Freitas Márcio Paiva (PP) na contratação de uma empresa em 2014. Paiva, que deixou o comando da cidade em 2016, firmou contrato com a Consiga Assessoria e Consultoria Ltda por inexibilidade. Contudo, há indícios de fraudes no processo. Em 2014, o ex-prefeito teve as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios justamente por contratações irregulares.

Reincidente A mesma empresa foi contratada, em 2013 e 2014, pelo então prefeito de Candeias Sargento Francisco por inexibilidade, processo também investigado pelo MP desde o ano passado.


Fonte: Coluna Satélite do Correio da Bahia 
Postado por Noticiagulf

DOMETILA GARRIDO - 1ª REPÓRTER MULHER DA BAHIA - MORADORA DE LAURO DE FREITAS

Mulher com espírito empreendedor, Dometila Cerqueira Garrido do Val, atualmente com  anos, nascida em 29 de agosto de 1933 num pequeno sobrado no bairro de Roma, destacou-se nas décadas de 60 e 70 pelas diversas atividades executadas.
Formada em Contabilidade pela Faculdade de Ciências Econômicas, exerceu por pouco tempo a sua profissão. Em 1961, ao declamar o poema Vozes D'áfrica de Castro Alvez, foi convidada pelo presidente do sindicato de jornalismo para escrever na redação do Diários Associados, em uma época onde as redações de jornalismos eram compostas exclusivamente por homens, tornando-a a primeira mulher a ocupar um lugar no diário. Segundo Domitila não sofreu nenhum preconceito, pelo contrário, era protegida – “Jehová de Carvalho me protegia”, referindo-se ao colega jornalista. Mas no início precisou impor respeito. “Eu usava um sapato de salto fino com capa-fixa. Quando batia no assoalho fazia muita zoada e batia para não ouvir palavrões. Depois de um ano o palavrão foi…

GULFNOTICIA : Moema tem uma história de luta pela vida e jamais de comprar o silêncio , principalmente de quem sofre

Uma fatalidade antecipou a passarem da pequena Lara aqui nesta terra de lobos em pele de cordeiro .

Deus a levou e com certeza está na parte de onde os anjinhos são acolhidos .
Uma mãe que perde um filho se desespera e diz coisas inacreditáveis , não age com a razão , mas com a forte emoção da perda de quem esteve em seu ventre por nove meses , de quem amamentou , trocou as fraldas e sonhou o tempo todo com uma vida longa pra seu bebê , a mãe de Lara pode tudo .
Não devia é um site que se diz sério , de informação , ouvir uma mãe machucada , ferida na alma e o pior postar algo sobre a Mulher , a Política que nos seus quase 5O anos de Militância , sempre lutou e defendeu a vida .
Quando Moema liga pra a mãe de Lara , não é pra comprar seu silêncio mesmo porque a Secretária de Saúde já explicou o que levou Lara a Óbito e a perícia dirá com certeza que foi uma Fatalidade e não Imperícia , Negligência dos Profissionais da saúde.
Moema ligou pra a Mãe de Lara porque é mãe ,avó e uma Prefei…