Pular para o conteúdo principal

GULFNOTICIA Bancada evangélica acumula frustrações e espera nome no governo Bolsonaro

[Bancada evangélica acumula frustrações e espera nome no governo Bolsonaro]Era manhã de quarta-feira (21) quando chegou ao culto a informação de que o educador Mozart Neves Ramos, diretor do Instituto Ayrton Senna, havia sido escolhido ministro da Educação do governo de Jair Bolsonaro (PSL).
Integrantes da bancada evangélica não entenderam o que estava acontecendo, pois no dia anterior, a maioria do grupo formado por cerca de 180 parlamentares havia decidido ir ao ministro da Casa Civil do futuro governo, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), conversar sobre o ministério.
Diante do que havia acontecido, mudaram o tom da conversa e foram demonstrar a contrariedade da bancada com a escolha de um nome supostamente ligado à esquerda. "O Mozart era uma pessoa extremamente competente do lado técnico, mas ele tinha o cordão umbilical ligado a uma esquerda que trouxe essa ideologia de gênero e a uma série de questões que fogem completamente ao nosso pensamento cristão, do chamado conservadorismo cristão", afirmou o deputado Hidekazu Takayama (PSC-PR), coordenador da Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional, nome oficial da bancada evangélica.
Segundo um dos parlamentares que participou da reunião, ouviram de Lorenzoni que não havia nenhuma decisão do governo para a pasta e que o futuro governo estava aberto a indicações dos evangélicos até a terça-feira seguinte (27).
Mas a bancada nem chegou a se reunir. Na quinta-feira (22), eles souberam que o procurador evangélico Guilherme Schelb havia passado a ser cotado para o cargo. Horas depois, durante a festa de casamento de Onyx Lorenzoni, Bolsonaro anunciou em seu perfil no Twitter o nome do colombiano Ricardo Vélez Rodríguez no comando do ministério.
O grupo evangélico avalizou o nome e considerou a confusão apenas um problema de comunicação entre Lorenzoni e Bolsonaro. Na terça em que deveriam levar um nome para o Ministério da Educação, foram, no fim da tarde, conversar com o presidente eleito. Saíram de lá com o pedido para que fizessem uma lista de três nomes para o Ministério da Cidadania.
Em reunião, escolheram os deputados Marco Feliciano (Podemos-SP), Gilberto Nascimento (PSC-SP) e Ronaldo Nogueira (PTB-RS). Mas Bolsonaro indicou o deputado Osmar Terra (MDB-RS).
Reservadamente, parlamentares evangélicos dizem que esses episódios geram um mal estar com o governo eleito.
A Frente Parlamentar Evangélica oficializou apoio a Bolsonaro em 4 de outubro e havia grande expectativa de que o grupo fosse um dos mais fortes no novo governo. Em seu primeiro ato público após a eleição, o presidente eleito foi a um culto na Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no Rio de Janeiro.
O presidente da igreja é o pastor Silas Malafaia, que, nesta quarta-feira (28), lembrou que "gratidão é memória do coração", ao constatar que seu aliado, senador Magno Malta (PR-ES), vem sendo esnobado por Bolsonaro.
Antes chamado pelo futuro presidente de "vice dos sonhos", Malta não ganhou ministério algum até o momento. Por enquanto, o melhor cenário para o senador que não se reelegeu e foi uma das pessoas mais atuantes na campanha de Bolsonaro é ver sua assessora parlamentar, a pastora evangélica Damares Alves, se tornar ministra de Direitos Humanos e Mulheres.
"Conversei agora há pouco com o Bolsonaro. Parece que ela está indicada. Mas pode ter certeza, pode até ser indicada, mas não pela frente [evangélica]. Não que a frente não goste da moça. A gente sabe que a moça é realmente uma pessoa bastante dedicada, militante do lado conservador cristão. Ela é militante do conservadorismo cristão. Tem nossa total simpatia se o Bolsonaro escolher ela", afirmou Takayama à reportagem, na noite desta quinta.
O coordenador da bancada evangélica insiste que seu grupo não está fazendo indicações. "Por vinculação de princípios, damos apoio irrestrito ao Bolsonaro. Não queremos cargo, não estamos negociando cargos. Queremos que ele vá bem. Queríamos que a sociedade entendesse que a frente não está ali como balcão de negócios. A frente está ali para a defesa do conservadorismo cristão, da família tradicional, de 86,8% dos brasileiros, das famílias brasileiras que pensam assim", disse o deputado, pastor da Assembleia de Deus
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

NOTICIAGULF Ministério Público da Bahia abre novo inquérito para apurar supostas irregularidades praticadas por Márcio Paiva, ex-prefeito de Lauro de Freitas

O Ministério Público estadual (MP) abriu inquérito para apurar supostas irregularidades praticadas pelo ex-prefeito de Lauro de Freitas Márcio Paiva (PP) na contratação de uma empresa em 2014. Paiva, que deixou o comando da cidade em 2016, firmou contrato com a Consiga Assessoria e Consultoria Ltda por inexibilidade. Contudo, há indícios de fraudes no processo. Em 2014, o ex-prefeito teve as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios justamente por contratações irregulares.

Reincidente A mesma empresa foi contratada, em 2013 e 2014, pelo então prefeito de Candeias Sargento Francisco por inexibilidade, processo também investigado pelo MP desde o ano passado.


Fonte: Coluna Satélite do Correio da Bahia 
Postado por Noticiagulf

GULFNOTICIA : Moema tem uma história de luta pela vida e jamais de comprar o silêncio , principalmente de quem sofre

Uma fatalidade antecipou a passarem da pequena Lara aqui nesta terra de lobos em pele de cordeiro .

Deus a levou e com certeza está na parte de onde os anjinhos são acolhidos .
Uma mãe que perde um filho se desespera e diz coisas inacreditáveis , não age com a razão , mas com a forte emoção da perda de quem esteve em seu ventre por nove meses , de quem amamentou , trocou as fraldas e sonhou o tempo todo com uma vida longa pra seu bebê , a mãe de Lara pode tudo .
Não devia é um site que se diz sério , de informação , ouvir uma mãe machucada , ferida na alma e o pior postar algo sobre a Mulher , a Política que nos seus quase 5O anos de Militância , sempre lutou e defendeu a vida .
Quando Moema liga pra a mãe de Lara , não é pra comprar seu silêncio mesmo porque a Secretária de Saúde já explicou o que levou Lara a Óbito e a perícia dirá com certeza que foi uma Fatalidade e não Imperícia , Negligência dos Profissionais da saúde.
Moema ligou pra a Mãe de Lara porque é mãe ,avó e uma Prefei…

GULFNOTICIA : Inaugurado, Terminal de Ônibus Aeroporto vai receber mais de 100 mil passageiros/dia

Nesta manha (08)na  Terminal  da estação de transbordo do Metro, o líder comunitário Alinaldo Furakão, sendo entrevistado por uma repórter , diz que em nome da sua comunidade de Portão, agradece ao Gov. Rui Costa e a Sra Prefeita Moema Gramacho  e especialmente a Sr. Luis Valença  presidente da CCR-Metrô  que desde outros eventos tem sido muito gentil, para comigo,  e nos transmite uma esperança quanto a " cobrança que está escrito no projeto"  METRO ATÉ  PORTÃO, e finaliza, ficar feliz em ouvir que em breve o Metrô poderá ir ate´ Portão, palavras da prefeita ao nosso amigo  e tbm defensor de Portão o ver, Topó  Parabéns prefeita.